Archivo de la etiqueta: Mauricio Carmona

Frente à Euforia / Frente a la Euforia

Frente à Euforia é um projeto de exposição realizado com apoio da FUGA – Fundación Gilberto Alzate Avendaño (Bogotá) e da Oficina Cultural Oswald de Andrade (São Paulo).

Frente_a_euforia_web

O projeto busca traçar uma reflexão crítica acerca das atuais situações sociais e políticas vividas no Brasil e na Colômbia. Entendendo a sensação de euforia e otimismo em relação ao futuro como produtos imaginários, interroga-se como o passado e a passagem do tempo são relidos em momentos de intensas transformações econômicas e sociais. O imaginário das mudanças e rupturas bem como sua crise, são interpelados através de uma recente e específica produção cultural dos dois países, que indicam possíveis modos de olhar, com reticência, aos fenômenos sócio-históricos dos últimos 15 anos.

A pesquisa conta com uma exposição, seminário, oficina e maratona audiovisual, resultados de uma residência artística realizada pelos curadores em Cali, Bogotá e Medellín.

Curadoria: Fábio Zuker, Isabella Rjeille e Mariana Lorenzi

Com: Alejandro Martín, Breyner Huertas, Carla Zaccagnini, Carlos Motta, Carlos Guzmán, Clara Ianni, Danilo Volpato, David Escobar Parra, Elkin Calderón, Fabiana Faleiros, Fernando Arias, François Bucher, Gabriela Pinilla, Giovanni Vargas, Glauber Rocha, Jaime Lauriano, Juan José Lozano e Hollman Morris, Julia Buenaventura, La Fulminante, Leonardo Herrera, Luis Ospina e Carlos Mayolo, Luiza Baldan, Mauricio Carmona, Monica Restrepo, Paula Sachetta e Peu Robles, PPUB, Regina Parra, Rita Natálio, Veridiana Domingos, Veronica Stigger e William Zeytounlian.

Exposição/
Abertura: 14/5 – quinta-feira – 19h
Visitação: 15/5 a 11/7 – segunda a sexta-feira – 10h às 21h | sábados – 10h30 às 20h
Classificação: livre

Seminário //
16 de maio de 2015 a partir das 14h

Maratona audiovisual //
20 de junho de 2015 a partir das 17h //

Local exposição e seminário //
Oficina Cultural Oswald de Andrade – Rua Três Rios, 363, Bom Retiro, São Paulo

Local maratona de filme/
Casa do Povo – Rua Três Rios, 252, Bom Retiro, São Paulo

***************************

Fabio Zuker/
Pesquisador e crítico cultural. Formado em Ciências Sociais pela USP, faz mestrado em Arts et Langages pela École des Hautes Études en Sciences Sociales, em Paris. Foi assistente de curadoria geral do Centro da Cultura Judaica e coordenador de programação cultural da Casa do Povo. Suas pesquisas se desenvolvem em diversos formatos, sobretudo em artigos e ensaios, projetos curatoriais e mostras de cinema. Trabalhou como curador assistente no projeto Inferno, de Yael Bartana, e coordenou ciclos de debates e cinema no [R.A.T.] México. Atualmente é curador adjunto do projeto de restauração aberto da VIla Itororó.

Isabella Rjeille/
Curadora, crítica e editora. Graduada em Artes Visuais pelo Centro Universitário Belas Artes, participou do Programa Curatorial Máquina de Escrever (CAPACETE Entretenimentos, 2013). Foi curadora assistente da exposição “artevida” (2014), que aconteceu no MAM-RJ, Casa França-Brasil, Escola de Artes Visuais do Parque Lage e Biblioteca Parque Estadual. Foi membro do corpo editorial da revista MARÉ crítica, hospedada no site do Ateliê397. Atualmente é editora do jornal Nossa Voz / Casa do Povo e colabora com a programação da Casa Tomada.

Mariana Lorenzi/
Curadora, produtora e gestora cultural. Graduada em Comunicação Social pela FAAP e com Master of Arts Politics pela New York University. Trabalhou no departamento de comunicação do Centro da Cultura Judaica por três anos e estagiou no departamento de curadoria do MoMA e New Museum, ambos em Nova York. Participou do projeto Laboratório Curatorial coordenado por Adriano Pedrosa, realizando a curadoria da exposição “O Corpo é o Meio” (2013). Colabora com textos para artistas e instituições, e atualmente é a coordenadora artística da Casa do Povo.

Fotografia de Elkin Calderon. ”Imagem 7”, da série ”O mesmo palhaço com diferente disfarce”, 2014 – presente na exposição Frente a Euforia.

Anuncios